LOGO Cobogó copy.jpg

Ciclo de debates
Arte Censura Liberdade - Reflexões à Luz de 2021.2

 

Descrição
Em cinco encontros ao vivo, reunimos pensadores com textos publicados em Arte Censura Liberdade - Reflexões à Luz do Presente, coletânea de ensaios e artigos editada por Luisa Duarte na revista Jacarandá n.6, 2017, e pela Editora Cobogó, 2018. Em palestras individuais 
os temas dos textos são atualizados sob a luz dos acontecimentos na esfera política e cultural recente, no Brasil.

 

Este ciclo de debates volta-se para o pensamento crítico e a prática da arte e seu sistema hoje. Pretende lançar reflexões em torno do papel das instituições, seus profissionais, políticas culturais, educacionais e condições de trabalho no setor artístico, acadêmico e cultural em geral. Mediação: Daniela Labra

Quando
De 11/11 a 9/12,

quintas feiras,

das 17h às 19h

Palestra 1

11/11 - Luisa Duarte e Daniela Labra
Apresentação e abertura do ciclo de debates por Luisa Duarte; Comentários do texto O corpo nu, aquele estranho conhecido por Daniela Labra 

Palestra 2

18/11 - Frederico Coelho
Comentários do texto Arte para quem? Arte para todos

por Frederico Coelho 

Palestra 3

25/11 - Clarissa Diniz 
Comentários do texto Tudo - ainda - está em seu lugar

por Clarissa Diniz

Palestra 4

2/12 - Marisa Flórido 
Comentários do texto Arte entre liberdade e servidão

por Marisa Flórido 

Palestra 5

9/12 - Moacir dos Anjos 
Comentários do texto Notas sobre a miséria do olhar

por Moacir dos Anjos

Valor: 280,00 até 20/10

​Após 20/10 320,00

foto Marisa 3.jpg

Marisa Flórido 
Professora adjunta do Departamento de História e Teoria da Arte e do PPGAV do Instituto de Arte da  UERJ. Crítica de arte e curadora independente. Crítica de arte e curadora independente. Publicações: “Nós, o outro, o distante na arte contemporânea brasileira” [Circuito, 2014]; “Ana Vitória Mussi” [org e texto; Apicuri, 2013]; Foi crítica de arte no jornal O Globo, Jornal do Brasil e na Revista Isto é.

Foto LD.jpg

Luisa Duarte

Crítica de arte, curadora independente e pesquisadora. Mestre em filosofia pela PUC-SP (2011). Doutora pelo Instituto de Arte da UERJ (2019). Foi crítica de arte do jornal O Globo (2009/2017). Organizadora do livro "Arte Censura Liberdade – Reflexões à luz do presente", Editora Cobogó, 2018, e co-organizadora do livro “No tremor do mundo – ensaios e entrevistas à luz da pandemia”, Editora Cobogó, 2020.

Lancamento-Catalogo-Deserto-Ceu-3.jpg

Fred Coelho

Pesquisador, escritor, curador e professor. Docente na graduação em Literatura e na Pós-Graduação em Literatura, Cultura e Contemporaneidade no Depto. de Letras, PUC-Rio. Doutor em Literatura pela PUC-Rio. Publicou entre outros livros Jards Macalé – Eu só faço o que quero (Numa, 2020), Livro ou livro-me - os escritos babilônicos de Hélio Oiticica (EdUERJ, 2010).

Foto Moacir dos Anjos (Alcione Ferreira)  (2).jpg
cursos_1oSEMESTE_2021_Berna_Clarissa5.jpg

Moacir dos Anjos

Pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco, Recife, e coordenador do projeto de exposições Política da Arte. Curador do pavilhão brasileiro (Artur Barrio) na 54ª Bienal de Veneza (2011) e curador da 29ª Bienal de São Paulo (2010). Autor dos livros Local/Global. Arte em Trânsito (2005), ArteBra Crítica (2010) e Contraditório. Arte, Globalização e Pertencimento (2017).

Clarissa Diniz

Curadora, escritora e professora. Doutoranda em antropologia pela UFRJ, professora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Entre 2006 e 2015, foi editora da revista Tatuí. Publicou inúmeros catálogos e livros
como Crachá – aspectos da legitimação artística (Massangana, 2008) e Gilberto Freyre, Col. Pensamento Crítico, Funarte, 2010; com Gleyce Heitor. Curadorias: Todo mundo é, exceto quem não é – 13ª Bienal Naifs do Brasil (SESC Piracicaba, 2016 e Sesc Belezinho,2017); Dja Guata Porã – Rio de Janeiro Indígena (com Sandra Benites, Pablo Lafuente e José Ribamar Bessa. MAR, 2017); À Nordeste, com Bitu Cassundé e Marcelo Campos. Sesc 24 de Maio, SP, 2019.