Screen Shot 2021-04-01 at 13.26.03.png

Daniela Labra é curadora de artes visuais, pesquisadora e crítica de arte. Graduou-se em Teoria do Teatro pela Uni-Rio. Doutora em História e Crítica da Arte pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro com a tese: Legitimação internacional da Arte Brasileira, análise de um percurso: 1940-2010, vencedora do Prêmio Gilberto Velho de teses, 2015. Pesquisadora Pós-doutora na Escola de Comunicação da UFRJ, 2016.

Atua principalmente nos temas: arte brasileira, processos históricos e estéticos latino americanos, performance, arte e política. Ministrou os cursos Curating Performance Art, Art & Politics e Art & Activisms no Node Center. Professora de Teoria da Arte e História na EAV Parque Lage, Rio de Janeiro (2010-2016). Crítica de artes plásticas no Jornal O Globo (2014-2016). Colabora com Revista SelectRevista ConcinnitasSESC São PaulonGbK BerlinInsurgencias Berlin, entre outros. Curadora no projeto museo de la democracia, nGbK, Berlin, 2021; Frestas Trienal 2017: Entre Pós-Verdades e Acontecimentos, SESC Sorocaba, São Paulo, Festival Performance Arte Brasil, MAM Rio de Janeiro, 2011, e outras. 

 

Reside e trabalha entre Berlin e Rio de Janeiro.